Atualmente a profissão de motorista profissional passa a cada dia por um processo acelerado de profissionalização. O motorista prático está sendo substituído pelo motorista ultra profissional. Essa modificação no perfil dos profissionais se dá por diversos motivos, mas os mais destacáveis são:
• Veículos cada vez mais avançados tecnologicamente;
• Os padrões de direção de cada montadora/modelo de veículos estão cada vez mais ajustados ao projeto de construção dos mesmos.

Para percebermos o quão avançamos tecnologicamente estamos nas décadas de 80, 90 e 2000, basta compararmos veículos das décadas de 70 e 2010, nós saímos de caminhões e automóveis como, MB 1113, Scania 111, e hoje chegamos a verdadeiros computadores sobre rodas como, Volvo FH 540, Scania série 5, Tesla, MB, sendo que no horizonte já vislumbramos até mesmo veículos autônomos.
Desta forma é fácil perceber que o motorista que não está preocupado em se manter atualizado, logo estará de fora do mercado. Mesmo com a matriz de transporte brasileira sendo eminentemente rodoviária, com isso oferecendo muitas vagas para a profissão de motorista, aqueles que não estiverem qualificados não conseguirão manusear e dominar os novos lançamentos da indústria automobilística, da mesma forma que o curso de datilografia foi substituído pelo curso de informática.
Seguindo esse raciocínio podemos facilmente afirmar que os motoristas que tem amplo conhecimento de sua ferramenta de trabalho e estão atualizados obterão resultados em economia e segurança muito superiores aos que não buscam atualização, saber o momento exato de uma troca de marcha, a rotação ideal para cada situação, a forma correta de executar uma frenagem, reconhecimento das condições viárias, manutenção periódica, conduzir com velocidade adequada a via, tudo isso faz com que o condutor do novo milênio entregue mais lucros e também muito mais segurança a todas as operações em que esteja envolvido.
Por isso lembre-se de se manter sempre atualizado, pois é a melhor forma de se defender profissionalmente em épocas difíceis, em que há muito desemprego combinado com a velocidade espantosa das inovações tecnológicas em todas as áreas.
Fique ligado!

Postado por

12 de setembro de 2019

Postado por
12 de setembro de 2019

  • 1
  • 2